---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


GOV. CELSO RAMOS ADOTA NOVAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO AO CONTÁGIO DO CORONAVÍRUS (COVID-19)

Publicado em 19/03/2020 às 18:39 - Atualizado em 19/03/2020 às 18:39

A partir da publicação do Decreto nº 29/2020, vias públicas de acesso ao município terão barreiras para controle de entrada e equipes para verificação do estado de saúde, orientação e prevenção aos ocupantes do veículo.

 

Na tarde desta quinta-feira (19/03), o prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos, publicou o Decreto Municipal 29/2020 que apresenta medidas temporárias como a colocação de barreiras fixas e móveis nas principais vias de acesso ao município e monitoramento de veículos que entram através delas. Essas iniciativas foram adotadas para prevenção ao contágio do Coronavírus (COVID-19). As barreiras foram colocadas ainda na tarde de quinta-feira nos acessos sul e norte. Secretarias municipais terão a responsabilidade de verificar estado de saúde, prevenir e orientar os ocupantes de cada veículo que chega aos bloqueios.

 

Juliano Duarte Campos esclareceu que o novo decreto está em conformidade com o Decreto de Emergência do Governo do Estado de Santa Catarina, nº 515/2020 e os Decretos Municipais nº 26/2020 e nº 28/2020.

 

Um dos pontos de bloqueio estará na Avenida Papenborg, no bairro Areias de Baixo, fechando assim o acesso sul. O outro, que contém uma estrutura de monitoramento para entrada dos veículos, foi montado no Km1 da Rodovia Municipal Francisco Wollinger, no bairro Areias de Cima, nas proximidades do portal de entrada do município.

 

Somente será permitida a entrada de moradores de Governador Celso Ramos, e veículos de abastecimento. Para isso, é necessário apresentar um documento comprovando tratar-se de morador local, como conta de água ou luz.

 

Ficam restritos de entrar os veículos com registro de licenciamento e com ocupantes provenientes de cidades com confirmação de contaminação comunitária pelo vírus COVID-19.

 

A prefeitura informou que essa decisão é de caráter temporário e visa proteger a população local. Ela foi adotada devido ao momento delicado de emergência que o país enfrenta, e como medida de combate ao contágio da doença.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar